Pular para o conteúdo principal

ZGB Start: Criticado pelos DLCs, Evolve vai se tornar free-to-play no PC / A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internet / O jogo cancelado de Call of Duty que acontece na Roma antiga

Criticado pelos DLCs, Evolve vai se tornar free-to-play no PC

A partir desta quinta-feira (7), jogadores interessados em experimentar o universo deEvolve não vão ter mais que pagar pela versão de PC — ao menos não inicialmente. Após retirar o game do Steam, a desenvolvedora Turtle Rock anunciou que o título vai adotar um sistema free-to-play e retornar a uma espécie de forma de testes Beta.
Segundo a companhia, todos aqueles que já adquiriram a versão paga do jogo vão receber o status de “Fundador”, mantendo todos os conteúdos pelos quais já pagaram e recebendo “presentes, recompensas e acessos especiais”. A desenvolvedora se compromete a fazer uma reavaliação completa do FPS e admite que muitos dos problemas do jogo estão relacionados a seu plano de DLCs considerado abusivo por muitos.
A Turtle Rock promete modificar totalmente a classe “Hunter” para torná-los mais úteis no metagame atual, que é bastante dependente de “trappers” e “medics”. O estúdio também promete melhorias no mapa, na interface de usuário, no sistema de progressão e nos tutoriais — para completar, o título deve ganhar mais opções de customização.

Compromisso com os jogadores

“Quando Evolve foi lançado, a recepção não foi aquela que esperávamos. Claro, houve algumas avaliações positivas. Também houve reviews negativos”, afirmou a Turtle Rock em uma carta aberta publicada nesta quinta-feira (7).
A Turtle Rock espera reconquistar os jogadores com sua nova estratégia
“Os problemas com os DLCs surgiram com força total e acabaram com o entusiasmo das pessoas, nos arrastando cada vez mais longe daquela primeira experiência mágica de pegar e jogar. Queremos trazer essa magia de volta e temos o objetivo de fazer isso acontecer”, complementa o comunicado.
“Estamos vivendo e respirando por Evolve nos últimos quatro anos e sentimos que estamos apenas começando”, afirma Turtle Rock. “Desde o lançamento, percebemos que o game ofereceu às pessoas alguns de seus momentos de jogo mais emocionantes e queremos trazer isso para todos... Bem, para todos que não tiverem problemas em ser assassinados periodicamente (de forma brutal) por monstros alienígenas assustadores”.

A zoeira não tem limitesmemes sobre Pokémon Go explodem na internet

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internet
Hoje os fãs de Pokémon estão comemorando como nunca: o jogoPokémon Go finalmente foi liberado para download no Android e iOS — em algumas regiões. Agora, você pode sair por aí para capturar uns "Charmander" e uns "Pikachu", virtualmente, óbvio.
Infelizmente, o Brasil ainda não foi selecionado pela Nintendo neste primeiro momento. Dessa forma, você não vai conseguir baixar oaplicativo de maneira "legal". Contudo, você pode baixar e instalar o APK do app e se divertir. Para fazer isso, acesse aqui.
Mesmo que Pokémon GO não esteja em solo brasileiro oficialmente, isso não impediu da Terra dosMemes, do país mais zoeiro do mundo, do nosso Brasilzão, simplesmente encher o Twitter e o Facebook de imagens engraçadas.
Agora, você vai poder acompanhar toda essa malemolência. É só rolar a página.

Pokebolas

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetPlay Store

Deu ruim para o Rattata

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetTadinho do rato

Sushi

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetMagikarp

Amanda nudes

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetPequeno campeão

Um bom lugar para se esconder

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetSquirtle

Esses jovens...

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetJovens

Adeus, Dory

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetDory é Pokémon?

O Pokémon mais fácil

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internet"oi meninas hoje eu vou trazer a dica de um pokemon que tá mt fácil de pegar"






Cuidado em lugares inóspitos

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetEita, Jesse e James

Medidas extremas serão necessárias

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetPor um Articuno, vale

Rapaz...

A zoeira não tem limites: memes sobre Pokémon Go explodem na internetOlha a cobra!

O jogo cancelado de Call of Duty que acontece na Roma antigaO jogo cancelado de Call of Duty que acontece na Roma antiga

A batalha entre as duas maiores franquias de guerra da atualidade parece ter esquentado com o argumento do período retratado nos games. Enquanto Call of Duty continua evoluindo para combates futuristas, Battlefield pegou todos de surpresa e acumulou elogios ao optar pela Primeira Guerra Mundial.
Em meio a todo esse reboliço, uma informação interna surgiu revelando que, no final da década de 2000, a série Call of Duty resolveu selecionar um período de guerra bem antigo (e bota antigo nisso) ao levar o shooter para a Roma antiga.
De acordo com a fonte do Gamesradar, a produtora Activision se empolgou com o grande sucesso de Modern Warfare na época e queria explorar novas ideias para expandir a série Call of Duty.

Saindo do papel

Durante a entrevista, uma das pessoas envolvidas no desenvolvimento do game, explicou que o sucesso da série pedia que a Activision fizesse algo mais experimental, com o intuito de expandir a série para um novo nível. “Qualquer coisa que lançássemos com o nome Call Of Duty, qualquer coisa que mostrássemos, estava vendendo bem, então [Actrivision] deu algumas oportunidades a alguns estúdios para testarem suas capacidades na franquia, e quem tivesse a melhor ideia, ganharia o IP".
“Eles mandaram pra Activision, para Bobby Kotick, e eles quiseram ouvir um pouco mais sobre o contexto,” Polemus disse. Mas ao mesmo tempo que foi bem recebido havia alguma incerteza sobre usar o nome Call Of Duty. “Eu na época estava sendo mais ou menos... Eu estava sendo meio duro nessa área," admite. "Eu mesmo adorava Call Of Duty então eu pensava ‘eu quero que eles mantenham no mesmo nível dos outros Call Of Duty,’ e eles disseram, ‘isso não vai rolar com a Activision – eles já esão olhando uma outra versão e eles não querem saturar o mercado’”.
Com o nome de Call of Duty: Roman Wars, o jogo acabou não sendo aprovado por medo de associar algo tão diferente com o nome Call of Duty. A decisão parece ter sido feita em um momento bem oportuno, uma vez que, pouco tempo, a Crytek lançou o jogo Ryse.
FONTE(S)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Dia de Tomb Raider e com nova gameplay !

Análise de Cave Coaster

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead