Pular para o conteúdo principal

ZGB Start: Seu PC está pronto para rodar Gears of War: Ultimate Edition? / PlayStation VR vai dominar o mercado de realidade virtual ! / PlayStation VR vai dominar o mercado de realidade virtual

Seu PC está pronto para rodar Gears of War: Ultimate Edition? Veja aqui

Seu PC está pronto para rodar Gears of War: Ultimate Edition? Veja aqui

Seu PC está pronto para rodar Gears of War: Ultimate Edition? Veja aqui
Com a aproximação do mês de março, era de se esperar que a Microsoft divulgasse os requisitos para rodar Gears of War: Ultimate Edition no PC. Se você faz parte da relação dos que estavam curiosos para saber se a sua máquina tem poder de fogo suficiente para rodar a versão refeita da primeira aventura de Marcus Fenix e companhia, eis o momento da verdade. 
De acordo com as informações divulgadas na Windows 10 Store, pessoas menos exigentes vão precisar de uma máquina contendo um processador i5 de 2.7 GHz, 8 GB de memória RAM e uma placa de vídeo GeForce GTX 650 Ti para rodar o game. Já os que preferem gráficos mais trabalhados vão precisar de um computador com chip i5 de 3.5 GHz, 16 GB de memória RAM e uma placa de vídeo GeForce GTX 970. 
Também foram divulgadas as especificações para aqueles que desejam curtir o game em resolução 4K, e você pode conferir todas elas nas relações a seguir: 

Requisitos mínimos 

  • Sistema operacional: Windows 10 (64 bit) versão 1511
  • Processador: Core i5 de 2.7 GHz ou AMD FX 6-core
  • Memória: 8 GB de memória RAM (2 GB VRAM)
  • Placa de vídeo: GeForce GTX 650 Ti ou Radeon R7 260x
  • Espaço em disco: 60 GB de espaço disponível
  • DirectX: DirectX 12 

Requisitos recomendados 

  • Sistema operacional: Windows 10 (64 bit) versão 1511
  • Processador: Core i5 de 3.5 GHz+ ou AMD FX 8-core
  • Memória: 16 GB de memória RAM (4 GB VRAM)
  • Placa de vídeo: GeForce GTX 970 ou Radeon R9 290X
  • Espaço em disco: 60 GB de espaço disponível
  • DirectX: DirectX 12 

Requisitos recomendados para 4K 

  • Sistema operacional: Windows 10 (64 bit) versão 1511
  • Processador: Core i7 de 4 GHz ou AMD FX 8-core
  • Memória: 16 GB de memória RAM (6 GB VRAM ou superior)
  • Placa de vídeo: GeForce GTX 980 Ti ou Radeon R9 390X
  • Espaço em disco: 60 GB de espaço disponível (SSD recomendado)
  • DirectX: DirectX 12 
Apesar de ainda não possui uma data de lançamento definida, Gears of War: Ultimate Edition é aguardado para chegar aos computadores em algum momento de março. Também há uma versão para Xbox One, que já está disponível nas lojas.
FONTE(S)
  • WINDOWS CENTRAL
  • PlayStation VR vai dominar o mercado de realidade virtual, indica analista

  • PlayStation VR vai dominar o mercado de realidade virtual, indica analista

      PlayStation VR vai dominar o mercado de realidade virtual, indica analista

  • O famoso analista da indústria de videojogos, Michael Pachter da empresa Wedbush Securities, afirmou que a Sony vai dominar o mercado de realidade virtual se continuar com estratégia de preços baixos.
    Com os seus concorrentes diretos, o HTC Vive e o Oculus Rift, custando US$ 800 e US$ 700, respectivamente, o PlayStation VR tem tudo para liderar o mercado com o seu valor de US$ 500.
  • Wow, Vive priced at $800. This sets Oculus up to win at $600, and sets Sony up to dominate if they have the ability to price sub $500

  • O PlayStation VR sai na frente porque foi criado especificamente para o PS4, que já possui uma mais de 30 milhões de consoles vendidos no mundo todo. Isso significa que não existirão complicações na hora de configurar o aparelho, enquanto que os usuários do PC precisaram mexer com configurações avançadas ou até realizar upgrades nas máquinas.
    FONTE(S)

Dos animes para o VR: IBM vai criar mundo virtual de Sword Art Online

Dos animes para o VR: IBM vai criar mundo virtual de Sword Art Online

Dos animes para o VR: IBM vai criar mundo virtual de Sword Art Online
Quem é fã do famoso anime Sword Art Online certamente já parou para pensar como seria viver em um MMORPG em realidade virtual como o de Aincrad. Mas se depender da IBM, podemos ter a chance de descobrir isso de verdade muito em breve, pois a empresa acaba de revelar um projeto que tem como objetivo trazer o universo do anime para a realidade virtual.
Segundo a página oficial do título, Sword Art Online: The Beginning vai utilizar a tecnologia do supercomputador Watson em conjunto do sistema de computação na nuvem da SoftLayer para recriar a versão tridimensional de Aincrad. A ideia da IBM, com isso, é mostrar para os gamers o que seria possível alcançar nos jogos com a ajuda da Computação Cognitiva.
Foi confirmado que Reki Kawahara, criador da visual novel que inspirou a série, está envolvido no projeto, mas pouco mais foi revelado sobre o game em si. Sabemos, por exemplo, que assim como na história original, a IBM vai utilizar modelos 3D dos próprios jogadores como seus avatares, mas nada foi dito sobre o ambiente virtual em si onde os gamers vão se aventurar.
Diferente da história do anime, é claro, os gamers não vão utilizar um aparelho como o NerveGear, capaz de converter nossos pensamentos em ações dentro do jogo. No lugar disso, SAO: The Beginning vai ter suporte ao Oculus Rift e o HTC Vive para gerar o cenário virtual; já os comandos e ações do personagem serão feitos através de sensores que vão captar cada movimento do jogador.
Para quem não conhece, Sword Art Online é um anime passado no ano de 2022 em que um grupo de milhares de pessoas se vê preso no primeiro MMORPG em realidade virtual do mundo. Para saírem de lá, os gamers devem derrotar o chefe que se encontra no 100º andar da gigante fortaleza voadora de Aincrad; as ameaças encontradas no caminho, porém, são reais para os jogadores, visto que o equipamento VR usado por todos pode literalmente matar quem morrer dentro do MMO.

Um sonho distante, por enquanto

A única má notícia disso tudo é que, ao menos por enquanto, é melhor não ter muitas esperanças de participar dessa experiência. Os testes iniciais do projeto começam no dia 18 de março, em Tóquio, e vão até o dia 20, mas vão estar limitados a um grupo de apenas 208 pessoas. Ao menos, como ocorre no caso de qualquer projeto em estágio Alpha, devemos eventualmente ver o game chegando a mais jogadores.
Seja como for, não precisamos ter pressa, já que ainda temos seis anos até a data prevista pela história para termos um mundo de realidade virtual pronto para os gamers. Vamos apenas torcer que, quando isso acontecer, não tenhamos que correr risco de vida para jogar.
FONTE(S)
IMAGEN(S)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Dia de Tomb Raider e com nova gameplay !

Análise de Cave Coaster

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead