Pular para o conteúdo principal

ZGB Start: Um mundo lindo e cheio de robossauros em vídeo de Horizon / Phil Spencer vê competição sadia e crê em queda no preço do PS4 / Finalmente uma das fases mais difíceis do Super Mario Maker foi vencida / Confira o unboxing da edição especial de Halo 5

Um mundo lindo e cheio de robossauros em vídeo de Horizon: Zero Dawn na TGS

Um mundo lindo e cheio de robossauros em vídeo de Horizon: Zero Dawn na TGS

A Guerrilla Games mostrou, na Tokyo Game Show 2015, um material do promissor Horizon: Zero Dawn, game que sustenta altas expectativas por vir das mesmas mãos da equipe por trás da bem-sucedida série Killzone. É o mesmo conteúdo da E3 jogado ao vivo. O vídeo mostra mais alguns elementos do sistema de caça necessário no enorme mundo aberto, que mistura cenários primitivos com tecnologias de robótica.
A demonstração foi registrada ao vivo no evento do Japão – e por isso a qualidade está baixa. Repare que um intérprete oriental traduz as falas do apresentador em inglês. A exibição mostra a personagem principal, Aloy, caçando as criaturas chamadas de “Grazers” (os "robossauros") com o objetivo de recuperar recursos necessários para sobrevivência de uma tribo local.
O desenvolvedor que conduz a demonstração enfatiza que o mundo de Horizon é grande, aberto e totalmente explorável. O stealth também é um elemento ressaltado pela equipe e deve ser um componente crucial em determinadas abordagens. Nesse contexto, o uso da grama se faz necessário para que o jogador consiga se aproximar dos inimigos despercebidos e, assim, planejar um ataque mais estratégico – além de evitar o confronto com os colossais “Thunderjaws”, criaturas enormes.

Equipe ficou em dúvida sobre protagonista feminina

A Guerrilla Games disse que sempre quis uma protagonista feminina em Horizon: Zero Dawn, desde a concepção inicial, mas ressalta que a equipe discutiu muito sobre essa decisão internamente.
O próprio presidente mundial da Sony, Shuhei Yoshida, afirmou que a decisão de lançar um projeto AAA com uma protagonista mulher seria “arriscado”, mas a repercussão positiva mostra que o mercado (leia-se jogadores) aceitou muito bem essa ideia. A ambientação, que traz uma espécie de disputa entre máquinas e armas primitivas, também ajuda bastante. Sem falar que um RPG em mundo aberto nunca é descartável.

Vai ter multiplayer?

Não exatamente. A equipe já afirmou que “o núcleo do jogo é a experiência single player”, mas acrescentou que o game terá “certos recursos sociais”. Portanto, nada de multiplayer competitivo aqui.

Diretor de Dead Island 2 vai trabalhar em Horizon

Outra curiosidade sobre a produção de Horizon: Zero Dawn diz respeito a um novo membro do panteão de desenvolvimento: Bernd Diemer, agora ex-diretor de Dead Island 2. O artista anunciou a novidade em seu Twitter. “Robossauros! Guerrilla! E eu! Estou muito empolgado”, escreveu no microblog.

Bernd Diemer

@bernddiemer

Robosaurs! ! And me! I'm very excited.
Link permanente da imagem incorporada

Diemer, que anteriormente atuou na Crytek e, mais recentemente, na Yager Development, não especificou que papel vai exercer no projeto. A Yager, para efeitos de informação, era o estúdio responsável por Dead Island 2, mas que se desligou da Deep Silver por "falta de alinhamento". A publisher busca agora novos parceiros para o game.
A julgar pelo que vimos até aqui e pela bagagem que a Guerrilla tem – agora com reforços de peso –, Horizon: Zero Dawn parece ter uma proposta encantadora. O game será lançado exclusivamente para PlayStation 4 em 2016.
FONTES
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead

Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead No último domingo, a Rockstar divulgou uma imagem que deixou muita gente imaginando que, em breve, teríamos algum anúncio relacionado à série Red Dead. E, pelo visto, quem apostava nisso pode começar uma contagem regressiva interna, pois uma nova pista surgiu na rede social. Como é possível ver na imagem que está na sequência, temos sete caubóis caminhando em um cenário com um pôr do Sol que seria visível em qualquer cenário de Velho Oeste. Sendo assim, resta aos fãs da série apenas aguardar um anúncio oficial da parte da Rockstar, e esse possivelmente será de um título inédito. Ver imagem no Twitter Rockstar Games

Análise do Mafia 3

Com glamour ameaçado, Mafia 3 se sustenta, mas esquece várias raízes Em primeiro lugar, e para dirimir eventuais dúvidas, preciso ser direto e reto: foi duro analisar Mafia 3. Não por causa do caráter técnico ou de outras ressalvas dissertadas nesta análise, mas sim porque sou ultrafã da franquia, da temática e do gênero, e sabemos que isso pode embaçar o julgamento. Sou fã de carteirinha de Mario Puzo, que assina “O Poderoso Chefão”, John Grisman, Joseph D. Stone (que concebeu o livro responsável por inspirar o filme “Donnie Brasco”) e outros autores do charmoso gênero mafioso, do qual, como bom ascendente italiano e degustador de massas, sou adepto. Eu estava sedento por Mafia 3. Mais do que estou por Final Fantasy XV, mais do que estive por Gears of War 4 e Uncharted 4, muito mais do que estou com os shooters da próxima safra,Titanfall 2Battlefield 1Call of Duty: Infinite Warfare e afins. Mafia 3 era, definitivamente, o jogo que eu mais aguardava este ano. Seis anos após o lançam…

ZGB Start: Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 / Nintendo Switch: novo console modular pode ser jogado em qualquer lugar

Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 O primeiro trailer de Red Dead Redemption 2 é real. Dois dias após prometer essa divulgação, a Rockstar publicou um material ainda escasso de informações, mas suficiente para mostrar, a todos nós, que a equipe de desenvolvimento dela faz o que bem quer com as gerações de consoles. O que vemos no vídeo adiante – rodando em tempo real, aparentemente – é um visual que explora os limites do PlayStation 4 e do Xbox One, seja em densidade de vegetação, em tamanho de mundo, em atmosfera spaghetti, em equalização entre luz e sombra, em fumaça, em partículas ou em água. Ou em o que você quiser. Por enquanto, esse primor técnico sobrepõe quaisquer outros elementos relacionados à história ou aos personagens. Ainda não se sabe, por exemplo, se o pistoleiro que monta no cavalo e sai em debandada junto a seis outros parceiros é John Marston em seus tempos áureos como um fora-da-lei. O primeiro Red Dead Redemption foi lançado e…