Pular para o conteúdo principal

ZGB Start: Será que que vale a pena esperar o lançamento do Quantum Break ? / DICE publica novidades sobre Battlefront

Quantum Break vai fazer valer a pena a espera por seu lançamento

Quantum Break vai fazer valer a pena a espera por seu lançamento

Um dos games mais esperados atualmente por quem tem um Xbox One, Quantum Break ressurgiu de maneira gloriosa na Gamescom 2015 após um ano sem grandes notícias. Além de conferir o novo trailer, pude ver uma apresentação fechada à imprensa que foi conduzida por ninguém menos que Sam Lake, diretor do jogo e uma das principais figuras da Remedy Entertainment.
Além do que foi visto publicamente, Lake mostrou um pouco mais da jogabilidade do título, que abusa de poderes inspirados na manipulação temporal. Entre as habilidades que o herói possui estão as capacidades de congelar inimigos, acelerar o tempo de forma a se mover mais rápido e uma série de golpes físicos com poder devastador.
No entanto, o aspecto que mais surpreendeu na curta apresentação é o quanto Quantum Break está visualmente atraente. Bastante fidedignos, os personagens se comportam de maneira natural, e os ambientes são enriquecidos com um sistema de iluminação realista e com uma série de efeitos de partículas impressionantes – e  nem estávamos vendo a versão finalizada do título.
As mecânicas de manipulação temporal também surgem de forma visualmente impressionante, afetando tanto os personagens quanto os ambientes. Na parte a que assisti, um navio atingido por uma anomalia estava em um eterno loop em que era destruído e reconstruído. Para prosseguir, o protagonista tinha que calcular bem sua rota e o momento mais oportuno para passar por determinada passagem.

Série e game em um só pacote

Sam Lake também esclareceu como funciona a dinâmica entre Quantum Break e a série com atores reais que vai acompanhar seu lançamento. Segundo ele, enquanto game nos mostra a perspectiva do herói da história, a série vai nos guiar pelo caminho do vilão, apresentando certas cenas sob um ponto de vista invertido – para entender toda a complexidade da trama, é indispensável consumir as duas mídias.
Quantum Break vai fazer valer a pena a espera por seu lançamento
Segundo o diretor, cada ato do game é entrecortado por um episódio da série, cujos acontecimentos variam conforme as decisões que você faz. Embora não tenha especificado qual a duração desses atos, tampouco tenha ido ao fundo quanto ao impacto final de casa escolha do jogador, ele mostrou que certas cenas têm pelo menos dois desfechos dependendo do que você faz.
As poucas cenas da série exibidas durante a demonstração apresentam um material que parece ser bem interessante para os fãs da ficção científica. Nesse sentido, também ajuda o fato de a Microsoft e a Remedy terem escolhido atores talentosos, muitos dos quais você provavelmente vai reconhecer de séries como Game of Thrones e Fringe.

Abril poderia chegar um pouco mais cedo

Apesar de não ter podido jogar Quantum Break, a apresentação foi mais do que suficiente para me deixar realmente empolgado com o jogo. O combate parece envolvente, a trama interessante e as mecânicas de manipulação temporal aparentam funcionar muito bem – tudo isso envolto em um pacote visualmente impressionante.
Quantum Break vai fazer valer a pena a espera por seu lançamento
Infelizmente, ainda vai ser preciso esperar pelo menos mais seis meses para que a versão final do título chegue às lojas. Até lá, vou continuar esperando ansiosamente todas as notícias sobre este jogo que, em minha opinião, foi o melhor título que tive a oportunidade de conferir durante a Gamescom deste ano.
Fonte: Baixaki Jogos

Diário nas estrelas: DICE publica novidades sobre a produção de Battlefront

Diário nas estrelas: DICE publica novidades sobre a produção de Battlefront

A DICE, desenvolvedora de Star Wars: Battlefront, tem uma rotina bem interessante: periodicamente, a empresa publica um diário em vídeo sobre a produção do game — um dos mais esperados de 2015.
Foram divulgados dois novos vídeos que revelam mais sobre em que pé está o título e o que os jogadores podem esperar. Na primeira produção, a DICE mostra, entre muitas coisas, os momentos épicos do filme que foram passados para o jogo em forma de missões terão que enfrentar. Dê uma olhadinha:
Já o segundo vídeo vai deixar os fãs ainda mais contentes. Ele mostra os veículos que estarão presentes no jogo e que os players poderão utilizar durante os tiroteios. Além de uma novidade: o planeta de vulcânico Sullust, uma estreia na saga. Confira:
Acalmem-se jovens Padawans, ainda é necessário aguardar um pouco para que possamos explorar essa galáxia distante, já que Star Wars Battlefront só deve ser lançado em 17 de novembro, em versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One. 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead

Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead No último domingo, a Rockstar divulgou uma imagem que deixou muita gente imaginando que, em breve, teríamos algum anúncio relacionado à série Red Dead. E, pelo visto, quem apostava nisso pode começar uma contagem regressiva interna, pois uma nova pista surgiu na rede social. Como é possível ver na imagem que está na sequência, temos sete caubóis caminhando em um cenário com um pôr do Sol que seria visível em qualquer cenário de Velho Oeste. Sendo assim, resta aos fãs da série apenas aguardar um anúncio oficial da parte da Rockstar, e esse possivelmente será de um título inédito. Ver imagem no Twitter Rockstar Games

Análise do Mafia 3

Com glamour ameaçado, Mafia 3 se sustenta, mas esquece várias raízes Em primeiro lugar, e para dirimir eventuais dúvidas, preciso ser direto e reto: foi duro analisar Mafia 3. Não por causa do caráter técnico ou de outras ressalvas dissertadas nesta análise, mas sim porque sou ultrafã da franquia, da temática e do gênero, e sabemos que isso pode embaçar o julgamento. Sou fã de carteirinha de Mario Puzo, que assina “O Poderoso Chefão”, John Grisman, Joseph D. Stone (que concebeu o livro responsável por inspirar o filme “Donnie Brasco”) e outros autores do charmoso gênero mafioso, do qual, como bom ascendente italiano e degustador de massas, sou adepto. Eu estava sedento por Mafia 3. Mais do que estou por Final Fantasy XV, mais do que estive por Gears of War 4 e Uncharted 4, muito mais do que estou com os shooters da próxima safra,Titanfall 2Battlefield 1Call of Duty: Infinite Warfare e afins. Mafia 3 era, definitivamente, o jogo que eu mais aguardava este ano. Seis anos após o lançam…

ZGB Start: Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 / Nintendo Switch: novo console modular pode ser jogado em qualquer lugar

Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 O primeiro trailer de Red Dead Redemption 2 é real. Dois dias após prometer essa divulgação, a Rockstar publicou um material ainda escasso de informações, mas suficiente para mostrar, a todos nós, que a equipe de desenvolvimento dela faz o que bem quer com as gerações de consoles. O que vemos no vídeo adiante – rodando em tempo real, aparentemente – é um visual que explora os limites do PlayStation 4 e do Xbox One, seja em densidade de vegetação, em tamanho de mundo, em atmosfera spaghetti, em equalização entre luz e sombra, em fumaça, em partículas ou em água. Ou em o que você quiser. Por enquanto, esse primor técnico sobrepõe quaisquer outros elementos relacionados à história ou aos personagens. Ainda não se sabe, por exemplo, se o pistoleiro que monta no cavalo e sai em debandada junto a seis outros parceiros é John Marston em seus tempos áureos como um fora-da-lei. O primeiro Red Dead Redemption foi lançado e…