ZGB Start: PES 2016 x FIFA 16

PES 2016 x FIFA 16

PES 2016 x FIFA 16: o que sabemos sobre eles até agora

Chegamos no segundo semestre de mais um ano de futebol com disputas dentro dos video games. Estamos falando do embate anual entre EA Sports e Konami, que duelam agora com FIFA 16 ePro Evolution Soccer 2016.
Ambos os capítulos saem em setembro e, até lá, muitas novidades devem ser liberadas pelas desenvolvedoras. Ainda assim, já temos uma série de informações sobre ambos os títulos e é possível tirar algumas conclusões iniciais. Abaixo, você confere algumas delas.
Vale lembrar que FIFA 16 chega às lojas em 24 de setembro. Já PES 2016 será lançado no dia 15 do mesmo mês. 

Marcação

Os próprios desenvolvedores reconhecem que passar pela defesa é uma tarefa fácil demais no FIFA 15, especialmente porque o meio de campo é frágil e dois pontas de velocidade fazem um estrago absurdo nas partidas. Por isso, em FIFA 16, a inteligência artificial está mais agressiva em interceptações. Elas não ignoram passes e tentam sempre manter contato com o adversário. O mesmo vale para quando você está no controle de um atleta: a marcação cerrada é incentivada durante todo o jogo. Não é que ficará impossível fazer um gol, mas você terá que se esforçar e quebrar a cabeça para penetrar no esquema adversário.
PES 2016 x FIFA 16
No PES 2016, o Sistema de Colisão Avançado foi melhorado em relação ao jogo anterior. Ele agora calcula a interação dos jogadores e cria uma resposta quase sempre única no impacto entre jogadores, bola e gramado. Além disso, um novo sistema de bolas aéreas permite que atletas disputem cruzamentos e lançamentos com "postes" maiores e mais fortes. Isso será possível usando o direcionar esquerdo do controle.

Sistema de defesa

Em FIFA 16, zagueiros têm 25 novas animações para tirar bolas à meia altura, já que pequenos toques por cobertura ou um pouco altos eram um problema sério de FIFA 15, quase sempre resultando no atacante ficando de cara para o gol. A inteligência artificial foi aprimorada para que os defensores não controlados por você se posicionem melhor em campo, achando um adversário livre ou cobrindo um possível buraco na formação tática.
Em PES 2016, os goleiros foram trabalhados do zero. Eles possuem novas animações de defesas e uma personalidade próporia, dependendo de seu desempenho na vida real. Baseando-se em técnicas como agarrar a bola, espalmar ou sair do gol, o jogo determina se o arqueiro é melhor em chutes de longa distância ou bolas alçadas na área, por exemplo.

Ataques

No PES 2016, a inteligência artificial deixa seus colegas de ataque mais acessíveis, caso você esteja com uma tática ofensiva no momento. Tabelas ficam mais fáceis (ou menos manuais, dependendo do ponto de vista) e os jogadores não controlados por você no momento procuram por aberturas na zaga ou melhor posicionamento para receber passes.
PES 2016 x FIFA 16
No FIFA 16, a competição entre diferentes estratégias é um dos grandes destaques: é possível usar uma equipe cadenciada e de ritmo menos acelerado, como a Juventus, para encarar sob o mesmo nível uma equipe rápida e intensa como o Real Madrid. O jogo terá ainda os "passes com sentido", que são mais agressivos e incisivos que toques para o lado. Além disso, a posição do pé do jogador importa na hora do chute — seja para um disparo certeiro ou para isolar um gol que parecia feito.

Dribles

A mais recente novidade de FIFA 16 é o chamado "no touch", que são os famosos dribles de corpo. Eles separam o jogador da bola (eles são uma única coisa nos games anteriores, pode notar) e permitem novos movimentos, desde pedaladas mais fluidas até lances que parecem dignos do Garrincha. Esse comando é possível com o uso do analógico esquerdo.
PES 2016 x FIFA 16
No PES 2016, as disputas "mano a mano" foram aprimoradas e dependem mais do que nunca da habilidade dos jogadores envolvidos, sejam eles zagueiros ou atacantes. É tão possível vencer um defensor com mudanças bruscas no direcional quanto fazer um desarme extremamente preciso e iniciar um contra-ataque mortal. Porém, esses movimentos devem ser precisos — e errá-los pode custar o placar.

Gráficos

PES 2016 contará com novos efeitos climáticos dinâmicos. A chuva não começa só no início de uma partida e a dinâmica da bola é claramente afetada por um temporal. Poças de água se formam e os atletas ficam sujos, além de fazerme a água subir em diversos momentos.
PES 2016 x FIFA 16
Ainda não há muitas informações sobre os aprimoramentos gráficos do FIFA 16, mas espere cuidado nos cenários e nas reações dos jogadores, assim como no efeito da bola deslizando pelo gramado.

Comemorações

No PES 2016, a liberdade de comemorações é alta e as formas mais inusitadas de celebrar um gol devem aparecer no jogo — como a selfie de Totti, que aparece logo no primeiro trailer.
Esse detalhe ainda não foi mais discutido no FIFA 16, mas reações de raiva ou desapontamento estarão lá — caras feias dos jogadores quando Cristiano Ronaldo erra um gol ou Neymar toma um cartão amarelo, por exemplo.

Treinamentos

PES 2016 x FIFA 16
FIFA 16 terá um modo de Treinador que permite a novatos e veteranos melhorarem com tutoriais e sugestões de botões. Um novo Modo Básico transformará até mesmo quem pegou o game pela primeira vez na vida em um atleta de ponta.
PES 2016 trará uma nova Master Liga, mas esse e outros modos de jogo também precisam ser mais detalhados — e com certeza serão nos próximos meses.
FONTES
IMAGENS
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Dia de Tomb Raider e com nova gameplay !

Análise de Cave Coaster

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead