Pular para o conteúdo principal

ZGB Start: Novidades sobre Last Guardian

Vimos mais Last Guardian; equipe rala para game sair o mais rápido possível

Quem fez algum “bolão da E3” e arriscou uma tacada de sorte num quase utópico The Last Guardian deve estar rindo de orelha a orelha. Praticamente todos morderam a língua – inclusive nós do Baixaki Jogos em nosso Bingo E3 –, porque o jogo foi anunciado com toda a pompa possível: ele abriu a pré-conferência da Sony, mostrou um longo gameplay e cravou 2016 como ano de lançamento.
Talvez nem mesmo Fumito Ueda, criador do game e artista que trouxe os emblemáticos Ico e Shadow of the Colossus, faça ideia do hype que sua próxima obra carrega. The Last Guardian, senhoras e senhores, voltou a ser realidade, ao menos até o dia 31 de dezembro do ano que vem, se não sofrer adiamentos e “sumir do mapa”.
Em seu estande na E3, a Sony contou com um espaço reservado, a portas fechadas, em que apresentou conteúdos inéditos de Horizon: Zero DawnThe Last Guardian e Uncharted 4: A Thief’s End, com materiais que estendem o que foi apresentado na pré-conferência da última segunda. Fomos lá conferir tudinho para contar a vocês.
Last Guardian

Fumito Ueda: “Nossa equipe está trabalhando duro para que o game seja lançado o mais rápido possível”

A apresentação na qual estivemos trouxe algumas palavras do próprio Ueda com relação ao desenvolvimento do game, que foi anunciado há seis anos e caiu no limbo da desconfiança. O “re-anúncio” naturalmente renova os ânimos, mas, ainda assim, temos um vago 2016 como data de lançamento – e não queremos ser pessimistas, só não desejamos que exista espaço para adiamentos/cancelamentos.
Aparentemente ciente disso, o diretor disse que The Last Guardian está a todo vapor e que a equipe está “trabalhando duro” no título para entregá-lo “o mais rápido possível”. Assim esperamos.

Conte-me mais!

Vamos ao que interessa: o conteúdo além do que já sabemos da pré-conferência da Sony. A demo se passa momentos antes dos eventos apresentados na segunda-feira e mostra o instante em que o garoto conhece a enorme criatura que se parece com um grifo. O animal tem uma estaca enfincada na barriga, e o menino, que supostamente se chamaria “Trico” – do antigo nome do game, originalmente batizado de “Project Trico” –, remove o objeto.
Last Guardian
Ali é criado um elo de amizade entre o garoto e a criatura, e o “entrosamento” entre os dois cresce na medida em que um lava a mão do outro em diversas situações. Em um gesto de gratidão, a primeira coisa que o animal faz, por exemplo, é servir de apoio para o garoto alcançar o topo de uma plataforma. Graças à densa pelagem – e linda, aliás –, o protagonista consegue escalar o animal e chega ao topo para pegar barris e... Alimentar o bichão.
Exatamente: parece que existe uma mecânica de permuta aqui. Recebeu ajuda, ganhou recompensa, mais ou menos como ocorre com o adestramento de qualquer animal na vida real. A criatura gigante parece gostar de barris e vegetais, e essa busca por “alimentos” faz parte da mecânica do gameplay, que segue a escala linear de Ico.

Comunicação através de mímica

Após algumas trocas de favores, os personagens chegam ao desfiladeiro apresentado na conferência. A comunicação entre os dois ocorre por mímica, já que se trata de um animal e um garoto – mas é claro que isso pode estar sujeito a alteração em momentos posteriores da experiência.
Last Guardian
É aí que está a parte interessante e a participação do seu cérebro para resolver certos puzzles. Aparentemente, se o garoto não fizer os movimentos corretos, utilizar os objetos adequados ou sinalizar ao animal de maneira didática, nada acontece.
No trecho do desfiladeiro, por exemplo, o personagem dá alguns pulos para que o animal entenda o que é preciso fazer: chegar ao outro lado. Daí em diante é aquilo que já conferimos no trailer acima: trabalho em equipe, resolução de enigmas e, é claro, o deslumbre do elo entre o garoto e o animal, que se fortalece ao longo da aventura.

E aquelas asinhas?

Em momento algum o animal utilizou as curtas asas alocadas em suas laterais, nem mesmo em momentos necessários. É claro que, se as asas estão ali, é porque a criatura sabe utilizá-las e o fará na hora certa, mas é interessante pensar na ideia de que o animal talvez nem saiba usar alguns de seus próprios recursos – porque os desconhece.
Deixar tudo isso solto no ar é uma aposta deliberada da equipe, mas a comunidade não aguentará outro adiamento/ameaça de cancelamento. The Last Guardian tem que ser real e voltou para ficar. O game será lançado exclusivamente para PlayStation 4 em 2016.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ZGB Start: Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead

Cadê o anúncio? Imagem inédita praticamente confirma novidade de Red Dead No último domingo, a Rockstar divulgou uma imagem que deixou muita gente imaginando que, em breve, teríamos algum anúncio relacionado à série Red Dead. E, pelo visto, quem apostava nisso pode começar uma contagem regressiva interna, pois uma nova pista surgiu na rede social. Como é possível ver na imagem que está na sequência, temos sete caubóis caminhando em um cenário com um pôr do Sol que seria visível em qualquer cenário de Velho Oeste. Sendo assim, resta aos fãs da série apenas aguardar um anúncio oficial da parte da Rockstar, e esse possivelmente será de um título inédito. Ver imagem no Twitter Rockstar Games

Análise do Mafia 3

Com glamour ameaçado, Mafia 3 se sustenta, mas esquece várias raízes Em primeiro lugar, e para dirimir eventuais dúvidas, preciso ser direto e reto: foi duro analisar Mafia 3. Não por causa do caráter técnico ou de outras ressalvas dissertadas nesta análise, mas sim porque sou ultrafã da franquia, da temática e do gênero, e sabemos que isso pode embaçar o julgamento. Sou fã de carteirinha de Mario Puzo, que assina “O Poderoso Chefão”, John Grisman, Joseph D. Stone (que concebeu o livro responsável por inspirar o filme “Donnie Brasco”) e outros autores do charmoso gênero mafioso, do qual, como bom ascendente italiano e degustador de massas, sou adepto. Eu estava sedento por Mafia 3. Mais do que estou por Final Fantasy XV, mais do que estive por Gears of War 4 e Uncharted 4, muito mais do que estou com os shooters da próxima safra,Titanfall 2Battlefield 1Call of Duty: Infinite Warfare e afins. Mafia 3 era, definitivamente, o jogo que eu mais aguardava este ano. Seis anos após o lançam…

ZGB Start: Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 / Nintendo Switch: novo console modular pode ser jogado em qualquer lugar

Rockstar mostra ápice do primor técnico em trailer de Red Dead Redemption 2 O primeiro trailer de Red Dead Redemption 2 é real. Dois dias após prometer essa divulgação, a Rockstar publicou um material ainda escasso de informações, mas suficiente para mostrar, a todos nós, que a equipe de desenvolvimento dela faz o que bem quer com as gerações de consoles. O que vemos no vídeo adiante – rodando em tempo real, aparentemente – é um visual que explora os limites do PlayStation 4 e do Xbox One, seja em densidade de vegetação, em tamanho de mundo, em atmosfera spaghetti, em equalização entre luz e sombra, em fumaça, em partículas ou em água. Ou em o que você quiser. Por enquanto, esse primor técnico sobrepõe quaisquer outros elementos relacionados à história ou aos personagens. Ainda não se sabe, por exemplo, se o pistoleiro que monta no cavalo e sai em debandada junto a seis outros parceiros é John Marston em seus tempos áureos como um fora-da-lei. O primeiro Red Dead Redemption foi lançado e…